terça-feira, 30 de julho de 2013

quarta-feira, 24 de julho de 2013

E tem gente que vai ao Mineirão ver o R171...



Trinta horas em um ônibus. Foi assim que Luana, a Rainha do Olimpia, e suas parceiras Acela e Viviana, cruzaram Assunção até Belo Horizonte com um objetivo: promover sensualidade em troca de fama no Brasil na noite desta quarta-feira pela decisão da Copa Libertadores.
Enquanto boa parte dos olhares no Estádio Mineirão estará em jogadores como Ronaldinho e Martin Silva, outros tantos vão mirar a arquibancada visitante. É lá que as três paraguaias prometem dar seu show. Nesta quarta, elas posaram para fotos e atenderam o Terra no centro de BH em caráter de exclusividade.

Há uma semana no Estádio Defensores Del Chaco, cercadas por torcedores do Olimpia, elas saíram do anonimato. Utilizaram trajes sensuais, sobretudo com decotes. Ou, no caso de Viviana, dois escudos olimpistas sobre os seios. O trio de modelos posou para fotos e gerou furor por cometer até alguns excessos.
“Nós preparamos muitas surpresas. Vamos fazer um pequeno topless para nosso querido público”, conta Viviana. Acela, que divide o posto de coadjuvante do trio, indica que pode haver, quem sabe, um quarto elemento no Mineirão. “O que preparamos é ainda mais sexy. Tem algo a ver com o Olimpia e suas três Libertadores. Queremos uma quarta estrela”, diz.
A protagonista, porém, é Luana Chamorro. Torcedora fanática do Olimpia, ganhou fama no Paraguai por sua presença frequente nas arquibancadas do Defensores Del Chaco. Antes mesmo da decisão da Libertadores, já era alvo da mídia internacional por seu decote generoso e olhar sensual. Ela fala em tom de encanto sobre a aventura no Brasil.

​“É um país enorme, de muito mercado, me encanta a possibilidade de trabalhar no Brasil. Muitas pessoas têm me escrito nos últimos dias. Muitos são cruzeirenses. Toda essa exposição me traz muitos desejos, muitas ambições, porque o brasileiro tem uma quentura incrível”, descreve. “Sou fanática pelo Olimpia desde pequena. Tudo isso herdei do meu pai e por isso estou aqui torcendo”.
Ansiosos pelo título da Libertadores, os atleticanos – sobretudo os homens – têm ao menos um motivo para torcer pelo Olimpia nesta noite. Ou três motivos, na realidade. “Vamos ficar com o corpo todo pintado e só com a parte debaixo da roupa se o título vier. No Paraguai, também faremos um desfile”, promete Viviana, a menos recatada das olimpistas.

domingo, 21 de julho de 2013

Embaixador da Copa no RS, Kiko veste camisa do Grêmio no México


Em abril, durante sua vinda a Porto Alegre, o ator Carlos Villagrán, que interpreta o personagem no seriado Chaves, ganhou uma camiseta


Embaixador da Copa do Mundo em Porto Alegre, o ator Carlos Villagrán, o eterno Kiko do seriado "Chaves", aproveitou os momentos de lazer nesta quarta-feira vestindo a camiseta do Grêmio. As imagens foram registradas pela mulher do artista, Rebecca, que as publicou em seu Instagram. Ambos curtiam o momento de folga em Querétaro, no México.
Quando esteve na capital gaúcha, em abril deste ano, para receber a honraria, Villagrán foi presenteado pelos irmãos Matheus e Guilherme Biteco e o atacante Yuri Mamute com uma vestimenta do Tricolor. Na ocasião, o colorado Josimar também esteve presente e entregou uma camiseta do Inter ao ator.
- Eu me sinto muito honrado de ser embaixador de Porto Alegre. Muito obrigado. Não é preciso que se fale mais, a cidade é muito conhecida no mundo todo. Ainda mais agora, com a Copa do Mundo. Me sinto honrado de poder ir a todos os lugares e dizer que sou o embaixador de Porto Alegre. A gente adora o futebol brasileiro, o futebol espetáculo, o “joga bonito”. Muito obrigado – disse Villagrán, emocionado, na época.
Outras personalidades esportivas já haviam recebido o título, como o técnico Mano Menezes, o zagueiro Lúcio e o ex-jogador chileno Elias Figueroa. José Fortunati disse ainda que outras personalidades que tenham relação com o esporte devem ser condecorados, como por exemplo, o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari

Fonte: GLOBOESPORTE.COM

Arbitragem no brasileirão


segunda-feira, 8 de julho de 2013

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Após matar jogador, árbitro é esquartejado durante partida de futebol no Maranhão

Um simples jogo de futebol terminou em tragédia na cidade de Pio XII, no Maranhão, no último domingo, 30. Josenir dos Santos, jogador de uma das equipes, ficou revoltado após receber o cartão vermelho e deu pontapés no árbitro Otávio Jordão da Silva. A agressão foi apenas o início de toda confusão.

De acordo com a polícia, o árbitro teria tirado uma faca da cintura e atirado no peito de Josenir, que não resistiu aos ferimentos e morreu. Os torcedores presentes ao estádio se indignaram e partiram para cima de Otávio, que acabou sendo esquartejado e ainda teve sua cabeça pendurada numa estaca.

Em nota divulgada, Valter Costa, delegado da polícia de Santa Inês, garantiu que os criminosos já estão na mira da polícia. Vídeos feitos pelos torcedores presentes ao estádio estão contribuindo para a identificação dos assassinos.

"Relatos de testemunhas já indicaram algumas pessoas que estavam no local na hora do fato. Vamos identificar e responsabilizar todos envolvidos. Um crime nunca vai justificar o outro. Ações como essa não colaboram com a legalidade de um estado de direito".

Fonte:

Esse é o ídolo Colorado


Gabiru fecha com time amador de Curitiba.

    Sem jogar desde que deixou o Guarany em novembro, Adriano Gabiru vai disputar o Campeonato Amador de Curitiba pelo Combate Barreirinha.

    Prestes a completar 36 anos, o jogador ainda refuta a possibilidade de abandonar o futebol. “Eu não descartaria a possibilidade de voltar a jogar profissionalmente”, disse. Como acontece tradicionalmente no amadorismo, o atleta receberá por partida, além de ajuda de custo como alimentação, transporte e material esportivo.



Reforço colorado


Melhor seleção de todos os tempos da World Soccer

        Uma das maiores revistas do mundo, a inglesa World Soccer realizou uma eleição para a escolha de um time com os melhores jogadores de futebol de todos os tempos. Formada pelos votos de 73 jornalistas de diversas parte do mundo, a equipe só contou com dois brasileiros: Pelé e Cafú.
        O ex-jogador do Santos, aliás, não foi o jogador mais votado. Com 63 preferências, Pelé ficou atrás de Beckenbauer (68 votos) e Maradona (66). O único jogador em atividade a estar entre os onze melhores de todos os tempos foi Lionel Messi, que apareceu em 46 das seleções, contra 60 menções a Johan Cruyff e 48 de Paolo Maldini.
      Uma das grandes surpresas na seleção final foi a presença do lateral brasileiro Cafu. O capitão do penta, por sinal, foi, ao lado do zagueiro Bobby Moore, o titular menos indicado: 24 vezes. Entre os excluídos, o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, ganhou sete votos, mais que o dobro de seu compatriota Eusébio.Dos 102 jogadores indicados à eleição, Brasil e Itália foram os que tiveram mais representantes, com 17 cada. Apesar de dominar a seleção titular (com três nomes), a Argentina só teve oito lembrados.
         Dos brasileiros que não entraram na seleção, Carlos Alberto Torres, capitão do tri em 1970, foi o que recebeu mais votos, com 18. Garrincha, bicampeão mundial em 1958 e 62, recebeu 16 indicações, uma a mais do que Roberto Carlos, campeão da Copa de 2002. Djalma Santos, Nilton Santos, Didi, Sócrates, Rivelino, Jairizinho, Romário, Toninho Cerezo e Daniel Alves também foram citados.
Além deles, Ronaldo, com oito votos, Zico, com duas indicações, e Ronaldinho Gaúcho, com apenas uma preferência, também foram lembrados pelos jornalistas, mas não apareceram na melhor seleção de todos os tempos.

Confira a equipe escolhida pelos jornalistas da revista World Soccer:


quarta-feira, 3 de julho de 2013

terça-feira, 2 de julho de 2013

Top 6 Craques que o Inter "contratou" e nunca desembarcaram

1. Paulo Henrique Ganso - Julho/2012

2. Robinho - Maio/2013

3. Luis Fabiano - Maio/2013

4. Miranda - Janeiro/2012

5. Nilmar - Junho/2012

6. Rafael Tolói - Fevereiro/2012
 
Fonte: Blog do Bola

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Ídolo está de volta: Grêmio fecha a contratação do técnico Renato Portaluppi

Acerto foi definido após reunião de dirigentes com o treinador no Rio; vínculo é de seis meses

Ídolo está de volta: Grêmio fecha a contratação do técnico Renato Portaluppi Ricardo Duarte/Agencia RBS

O ídolo está de volta. Após a saída de Vanderlei Luxemburgo, o Grêmio fechou a contratação do técnico Renato Portaluppi para comandar a equipe até o final do ano. O acerto foi sacramentado após uma reunião dos dirigentes Rui Costa e Marcos Chitolina com o empresário Gerson Oldenburg em um restaurante de Ipanema, no Rio de Janeiro. Renato será apresentado nesta terça em Porto Alegre.

Com a chegada de Renato, a direção do Grêmio pretende dar nova motivação ao vestiário para a sequência do Brasileirão e também para a Copa do Brasil. O treinador chega ao clube acompanhado do auxiliar Vitor Hugo. O preparador físico ainda não foi definido.

Ele comandará a equipe no sábado, contra o Atlético-PR, em Curitiba. Sua estreia na Arena, será uma semana depois, contra o Botafogo, em 14 de julho.

Dois anos se passaram desde que Renato deixou o Olímpico. Seu último trabalho como treinador foi no Atlético-PR, ainda em 2011. Desde então, vive no Rio, joga suas partidas de futevôlei com os amigos e tem chamado mais a atenção pela filha, Carol, famosa por postar fotos no Instagram e aparecer em colunas sociais.

Renato poderá voltar ao Grêmio justamente na gestão de Fábio Koff, com quem foi campeão do mundo como jogador em 1983. No departamento de futebol, também reencontrará Rui Costa, com quem trabalhou em 2010 e capitaneou uma reação no Brasileirão, saindo da zona do rebaixamento e terminando em quarto lugar, com vaga para a Libertadores.

Com Renato, o Grêmio poderá turbinar a Arena. Após a renegociação do contrato com a OAS, clube e empreiteira estudam projetos comerciais para o estádio e também para os empreendimentos imobiliários que serão erguidos na Azenha, no lugar do Olímpico, e no Humaitá, ao lado da nova casa.

A utilização da imagem do ídolo como garoto-propaganda poderá alavancar as vendas. Também poderá vitaminar a tentativa de ampliar o número de sócios e  aumentar a média de público nos jogos.

Fonte ZHEsportes

"Que pena" ! Welliton e Cris podem deixar Grêmio

Atacante foi vendido pelo Spartak Moscou e zagueiro pode voltar ao futebol francês

Welliton (à esquerda) deve deixar Grêmio nos próximos dias <br /><b>Crédito: </b> Fabiano do Amaral / CP Memória
A troca de comando técnico no Grêmio também pode acarretar na saída de alguns jogadores que contavam com a admiração praticamente exclusiva do treinador Vanderlei Luxemburgo.

Welliton deve ser o primeiro sair, vendido pelo Spartak Moscou, clube que ainda é detentor dos direitos do atacante. O zagueiro Cris é outro que deve encabeçar a lista de negociações, especialmente se for confirmada a oferta do futebol francês.

Preparação física

A demissão de Luxa também ocasionou a saída do preparador físico Antonio Mello, fiel escudeiro do treinador ao longo da carreira. Flávio Trevisan surge como favorito para assumir a função.

O Grêmio trabalha também atrás da reposição e deve trazer um profissional independente da escolha do treinador. Será adotada a comissão técnica permanente, como já foi feito há alguns anos. A fórmula só foi alterada para a chegada de Luxemburgo. 

Fonte: CP
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...