quinta-feira, 14 de abril de 2016

terça-feira, 12 de abril de 2016

Patrocínio despatrocinado.



CLUBE INOVA EM MODALIDADE DE PATROCÍNIO
 Grêmio receberá pela "não publicidade" no omoplata das camisas oficiais do Clube

 Grêmio apresenta modalidade de patrocínio inédita entre os clubes brasileiros. Por meio de pesquisa qualitativa encomendada ao Instituto de Pesquisa INDEX, o marketing do Clube procurou analisar o comportamento do torcedor gremista em relação à colocação de patrocínios na camisa de jogo e de quanto a localização deles influencia na decisão de compra. Diante do resultado do estudo, o Clube negociou com o Grupo Dass, empresa fabricante dos produtos Umbro no Brasil e fornecedora do material esportivo do Grêmio, um formato diferenciado de patrocínio e que consiste na não aplicação de publicidade no omoplata, região situada no frontal superior da camisa, especialmente no lado esquerdo, acima do escudo do Clube. O acordo comercial foi celebrado na última sexta-feira (08), no Centro de Criação da Dass, em Ivoti/RS, com a presença do presidente Romildo Bolzan, o executivo de marketing do Tricolor Beto Carvalho, o presidente do Grupo Dass, Vilson Hermes, e o diretor da marca, Henrique Hermes. 

O extrato da pesquisa, realizada a partir de entrevistas com quatro grupos focais, compostos por torcedores gremistas com amostras estratificadas segundo a composição de perfis estruturais da torcida, revelou muito boa aceitação dos patrocínios máster (região peitoral da camisa), bem como, dos localizados nas mangas e costas. No entanto, um espaço em particular foi dissonante a esta percepção, apresentando relevante índice de rejeição ao uso: o denominado “espaço do omoplata”. 

Com esse modelo diferenciado de "não patrocínio, patrocinado", o clube passa a receber da fornecedora de material esportivo, ressarcimento específico pela não aplicação de marcas nessa região da camisa. “A compensação irá englobar um valor monetário decorrente de crédito em mercadorias para venda na loja GremioMania, com a receita da venda sendo integralmente do Clube. Ou seja, quanto mais o torcedor adquirir produtos oficiais da Umbro, mais retorno financeiro o Grêmio terá”, salienta o executivo de marketing do Grêmio, Beto Carvalho.

ARENA DA FAVELA (Baile no preconceito)

Beira-Rio tem prejuízo de R$ 47 milhões desde reabertura em setores nobres



Não é apenas o Grêmio que enfrenta dificuldades com a compra de sua casa própria em Porto Alegre. O Beira-Rio também é responsável por dor de cabeça ao Inter: até aqui, a sua conta segue sem fechar desde que os seus portões foram reabertos, em 2014. No período, o estádio colorado acumula, em seus setores nobres, um prejuízo que chega a R$ 47,646 milhões e tem futuro preocupante.

Os números constam em balanço financeiro da SPE Holding Beira-Rio S/A (Brio), empresa parceira do clube na modernização e administração de sua arena.

Ela detém os direitos de exploração de 5 mil cadeiras VIP, 5 mil vagas de estacionamento, 66 camarotes e suítes, 55 skyboxes, 44 lojas em shopping e área alimentação do estádio e contava com a comercialização desses espaços para recuperar o investimento.

Não tem sido possível até o momento.

Em seu primeiro ano de operação, em 2014, foram R$ 17,190 milhões de prejuízo.

Na última temporada, ele acabou saltando para R$ 30,456 milhões.

Mesmo com a entrada de R$ 50 milhões de seus sócios Banco BTG Pactual e Andrade Gutierrez, a parceira do Inter na administração do Beira-Rio, cujo contrato tem duração de 20 anos, não consegue atingir a sua meta de faturamento.

Em 2014, ela recebeu apenas R$ 6,174 milhões com as áreas nobres do estádio. Esse número foi praticamente três vezes maior no ano passado e ficou em R$ 17,781 milhões, mas, ainda assim, não tornou possível evitar um novo déficit nas contas da empresa, que também é responsável novas construções de todo o complexo, como o edifício-garagem, o Street Mall o Anfiteatro Beira-Rio, com capacidade para 13 mil pessoas.

A companhia culpa a crise econômica brasileira pela ausência de lucro.

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Papa recebe a camisa do Inter


Papo de namorados no Remendão


Vai com Deus! Grêmio empresta Fernandinho ao Flamengo até o final da temporada


Com pouco espaço na Arena, atacante vai à Gávea com valor de compra fixado

Fernandinho vai trocar o Grêmio pelo Flamengo. Horas antes da viagem para o Equador, na manhã desta quinta-feira, o Tricolor acertou o empréstimo do atacante ao Rubro-Negro. O jogador permanecerá na Gávea até o final desta temporada, com opção de compra já fixada, e, por isso, foi liberado da delegação que está à caminho de Quito, onde o Tricolor enfrenta a LDU, na próxima quarta, pela Libertadores. A negociação com o clube carioca já ocorria há uma semana.

Fernandinho era um dos altos salários do elenco do Grêmio – ronda os R$ 350 mil –, que tenta enxugar o grupo para contratar mais jogadores para o Brasileirão, por conta do teto da folha salarial, de R$ 6 milhões. Segundo apurou o GloboEsporte.com, o Flamengo pagará salários e encargos, enquanto o Grêmio ficará responsável pela quantia referente ao direito de imagem.

Mesmo com a negociação em andamento, o atacante ficou no banco na vitória por 4 a 1 sobre o Brasil de Pelotas, nesta quarta, na Arena, e estava relacionado para a viagem ao Equador. Na última hora, ficou de fora da delegação. A negociação iniciou há uma semana, quando o clube carioca já havia feito uma sondagem ao jogador e os clubes discutiam o empréstimo.

Contratado pelo Grêmio na metade de 2014, Fernandinho nunca confirmou o que se esperava no clube, pelo investimento alto feito na sua contratação. Chegou a ser emprestado ao Hellas Verona, da Itália, e retornou no meio da temporada passada com status de reforço. No total, marcou dois gols em 44 jogos. Seu vínculo com o clube gaúcho vai até a metade de 2017.

terça-feira, 5 de abril de 2016

Viagem a Disney divulgou bem a marca... "Todos" querem jogar no Inter...



No Uruguai, representante de Nico López diz que ele "quer permanecer no Nacional"

Um dos alvos do Inter para a temporada é o uruguaio Nico López que está emprestado pela Udinese ao Nacional. O vice de futebol do Colorado, Carlos Pellegrini está na Europa para negociar uma possível proposta pelo atleta. No Uruguai, porém, o representante do atleta, Pablo Bentancur, concedeu entrevista a uma rádio local, com frases transcritas no El Pais, onde afirmou a intenção do jogador em permanecer no clube atual.

Estádio de "Copa do Mundo", hahahahaha


Depois de registrar três apagões no Beira-Rio em um mesmo jogo, contra o Veranópolis, pelo Gauchão, o Inter testou um novo sistema de geradores para acabar com o problema. A avaliação foi realizada no último domingo, diante do Brasil-Pel.

No confronto, a iluminação do estádio, entre 18h e 22h, foi gerada exclusivamente pelo novo sistema. Segundo o clube, “os testes foram 100% satisfatórios”.

O novo sistema colorado pode ser ativado com óleo diesel, que tem custo mais baixo que a energia elétrica, e também operar em conjunto com os geradores já instalados anteriormente no estádio.

“A partir de agora, dificilmente ocorrerá falta de luz nos dias de jogos”, disse o vice-presidente de patrimônio, Emídio Ferreira.

Ranking de renda e publico 2016


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...