segunda-feira, 30 de março de 2015

Cebolla Rodríguez dá sinais de que quer ficar no Grêmio

Luiz Zini Pires: Cebolla Rodríguez dá sinais de que quer ficar no Grêmio Wendell Ferreira/Agencia RBS

Cristian Rodríguez pediu para ficar no Grêmio. Falou com os dirigentes. Gostou do clube, da animação da torcida e do grupo. Curtiu a cidade, próxima a sua Montevidéu.

Perto dos 30 anos, acha que pode vestir a camisa gremista durante alguns anos. Fazer uma carreira em azul, preto e branco. Ainda é cedo para qualquer decisão, mas os dirigentes gostaram do que ouviram do meia uruguaio de pé esquerdo.

Na Europa, o Atlético de Madrid não conta mais com o atleta da seleção do Uruguai, especialmente depois da renovação do contrato de Diego Simeone. O técnico argentino não quer Cebolla Rodríguez.

O clube vai facilitar a sua saída. Pode até liberar o jogador na janela de agosto, que assim ficaria livre para negociar seu futuro. O único problema é que Cebolla é um jogador caro e tem mercado.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Empresa fica fora de recuperação judicial e facilita compra da Arena


Notícia é favorável para os interesses do Grêmio

A OAS Arenas deverá ficar fora do processo de recuperação judicial a ser encaminhado pela construtora. Junto com a OAS Soluções Ambientais, empresa de saneamento, e OAS Óleo e Gás, que atua na exploração de petróleo, a OAS Arenas é considerada uma empresa com baixo nível de endividamento.
Trata-se de uma notícia favorável aos interesses do Grêmio. Ela possibilita que o clube siga negociando a compra da gestão da Arena.
A proposta, de R$ 396 milhões, a serem pagos em 20 anos, a partir de 2016, já está na mesa da OAS.
Um dos trunfos do Grêmio na negociação é o fato de que a Arena, a exemplo de 2015, deverá apresentar elevado prejuízo em seu balanço.
Como a OAS encontra dificuldade para substituir as garantias bancárias que viabilizaram a obra, o Grêmio irá colocar à disposição da empresa, para negociar com os bancos, os direitos de transmissão dos jogos e o quadro social.

GREMIO ganha em TODOS os segmentos - MAIOR TORCIDA DO SUL!

Detalhamento da pesquisa:

Localidade: Estado do Rio Grande do Sul

Instituto: Index (http://www.institutoindex.com.br/)

Amostra: 1.200 entrevistas, em fevereiro de 2015

Margem de erro: 2,9 p.p

Rio Grande do Sul. Tradicional celeiro futebolístico, terra de uma das maiores rivalidades entre clubes do Brasil. Por lá, se leva a questão das torcidas tão a sério que o estado é, de longe, quem melhor foi mapeado pelo Blog Teoria dos Jogos. Desde as preferências do interior até os números do estado em geral, tudo já passou pelo crivo dos institutos locais. Em meio à entressafra de materiais do gênero, só mesmo uma empresa gaúcha para inaugurar a publicação de pesquisas no ano de 2015.

O problema é que, a cada nova pesquisa, saímos com menos certezas do que entramos. Clicando nos links do parágrafo anterior, percebemos um interior amplamente dominado pela torcida gremista – em linha com o crescimento do clube nas décadas de 80 e 90. Eis que em 2013, pela primeira vez o Inter surgiu na dianteira – algo provavelmente atribuído à explosão colorada nos anos 2000. Do pó viemos, ao pó retornaremos. Segundo nova pesquisa do Instituto Index, é o Tricolor quem comanda absolutamente todo o estado:

Fig 01

Com 49% das preferências, o Grêmio se consolida como o rei dos pampas. Surpreendentemente abaixo, o Internacional surge com 35,7%. Apenas Brasil de Pelotas (2,7%), Caxias (1,3%) e o surpreendente Lajeadense (1,1%) ultrapassam a marca unitária. Outros quatro clubes gaúchos e cinco forasteiros são citados. O número de pessoas sem time (7,2% = 2,8% + 4,4%) também se dá em níveis muito inferiores aos que se tinha notícia.

Embora a pequena amostragem eleve sobremaneira a margem de erro em cada faixa específica, a distribuição geográfica das torcidas se deu assim:

Fig 02

O Tricolor supera o Colorado em todas as regiões do estado, com maior diferença na região Oriental (50,6% a 27,8%) e menor no Sudoeste (50,6% a 49,4%). A única torcida a realmente bater de frente com a dupla Gre-Nal é a Xavante: na região Sudeste, o Brasil de Pelotas marca 28,8%, superando o Inter (23,4%) e só perdendo para o Grêmio (36,9%). Denotando algum caráter cosmopolita, apenas na região metropolitana de Porto Alegre foram verificados torcedores de times de fora (Atlético-MG, Atlético-PR, Flamengo, Palmeiras e São Paulo).

Por gênero e faixa etária:

Fig 03

Fig 04

Interessante constatação: o Grêmio atinge maioria absoluta entre homens (51,4%), enquanto as coloradas existem em maior número na torcida do Inter (38,4%, contra 33,4%). Cem por cento dos torcedores do Caxias entrevistados eram homens.

Por idade, tanto Grêmio quanto Inter mantem relativa estabilidade entre faixas, mas os tricolores atingem seu ápice mediante os mais jovens (52,9%), ao cabo que o auge colorado vem na faixa de 45 a 59 anos (37,5%). Por incrível que pareça, a tão fanática torcida do Brasil de Pelotas perde para Lajeadense, Passo Fundo e Caxias entre jovens.

Por escolaridade e renda:

Fig 05

Fig 06

A maior parte dos gremistas completou o Ensino Médio (53,5%), enquanto o Inter atinge o apogeu entre aqueles com Fundamental Completo (37,9%). Todos os entrevistados do Passo Fundo possuíam nível superior (4,4%).

Chama atenção, ainda, a pirâmide invertida que representa o Inter no tocante à renda – onde cresce a cada tabulação. Entre os mais ricos, 42,9% são colorados, faixa em que a Lajeadense também se destaca (4,1%). A maioria dos gremistas se encontra no segundo pelotão de riqueza, de 6 a 10 salários mínimos (52,7%).

Top of Mind


quarta-feira, 25 de março de 2015

sexta-feira, 20 de março de 2015

Saiba porque o GRÊMIO receberá R$ 4,5 milhões






O Chelsea tem grande interesse no meio campo Douglas Costa de 24 anos, ele deve ser negociado na janela de Agosto, o Shakhtar pede cerca de R$ 90 milhões pelo ex- jogador do Grêmio.

O time inglês quer reforçar o seu elenco após ter sido eliminado na liga dos campeões pelo PSG na semana passada, o preço não é problema para o Blues. Como formador do atleta o grêmio tem direito em exigir 5% do valor total do negócio, ou seja, R$ 4,5 milhões para o clube.
Esse dinheiro seria essencial para saldar grande parte de uma folha de pagamento do mensal do grêmio, dando um alivio aos cofres do clube.

Dívida do Inter com a União e mais de TRÊS vezes maior que a do GRÊMIO


Grêmio pode ir à Fifa cobrar do Atlético-MG dívida pelo goleiro Victor

Tricolor tem a receber cerca de R$ 5,2 milhões do clube mineiro pela negociação feita em 2012

Grêmio pode ir à Fifa cobrar do Atlético-MG dívida pelo goleiro Victor DOUGLAS MAGNO/AFP
O Grêmio poderá recorrer à Fifa para cobrar do Atlético-MG o pagamento pela compra do goleiro Victor, ocorrida em 2012. A dívida, conforme o diretor jurídico Bernardo Lamachia, gira em torno de 1,5 milhão de euros, valor equivalente a R$ 5,2 milhões.
Há dois caminhos. O primeiro seria uma ação de cobrança na justiça brasileira. A segunda, o recurso à Fifa. Mas não se descarta que as duas ações sejam simultâneas.
– Tomamos várias medidas administrativas e não fomos atendidos – informa Lamachia.
No início do ano, a direção do Grêmio decidiu que pagaria contas em atraso, o que reduziu a capacidade de investimentos para contratações. Só ao Flamengo foram pagos R$ 11 milhões, relativos ainda ao ex-jogador Rodrigo Mendes.
Na ocasião, o técnico Felipão afirmou que, em algum momento, o Grêmio também deveria cobrar daqueles clubes que lhe devem. O que, na prática, começa a ser feito agora.

É Inter? Então é CINCO


quinta-feira, 19 de março de 2015

Como assim??? O remendão tem 46 anos e AINDA nao tem habite-se?

Primeiro Habite-se da história do Beira-Rio pode ser concedido em abril.
Clube precisa fazer adequações a pedido da prefeitura para que o estádio obtenha a licença definitiva

Primeiro Habite-se da história do Beira-Rio pode ser concedido em abril Omar Freitas/Agencia RBS

O Beira-Rio ainda não tem Habite-se. Na verdade, nunca teve. São 46 anos sem a licença definitiva para a ocupação do complexo. Agora, porém, isto está prestes a mudar.
Segundo o vice de patrimônio do Inter, Emídio Ferreira, uma reunião na primeira semana de abril poderá dotar o estádio com o histórico documento. Inter e prefeitura se reunirão para ajustar as medidas que ainda faltam para a liberação final. Depois disto, o o clube terá condições de obter junto ao Corpo de Bombeiros a Licença de Operação (LO), o aval dos Bombeiros para o estádio - que conta com um alvará provisório, válido até o mês de junho.
– O Beira-Rio é um prédio com mais de 40 anos e cujo Habite-se jamais foi cobrado pelo Município. Após a reforma ele se transformou em um estádio muito mais seguro. Temos uma boa relação com a prefeitura e esperamos resolver as pendências ainda em abril – disse Ferreira.
Para obter o Habite-se, o Inter precisa cumprir as seguintes exigências da prefeitura (EPTC, Smurb e Smam): a instalação de dois bicicletários, com capacidade total para 240 bicicletas, dois recuos para as paradas de táxis, além da comprovação da descontaminação do solo, onde estava localizado o antigo posto de gasolina.
– Esta questão do posto de gasolina nada tem a ver com o Habite-se. Mas vamos resolvê-la também. E, em breve, ter o Habite-se do Beira-Rio em mãos – prometeu Emídio Ferreira.

segunda-feira, 16 de março de 2015

Latinha do Inter


Déficit do Inter em 2014 fecha em R$ 49 milhões

Auditoria foi finalizada nesta semana e será analisada pelo Conselho em abril

O balancete de 2014 do Inter já tem um número oficial. O do déficit: R$ 49 milhões. O número, recorde para o clube, obrigará a atual gestão a seguir reduzindo custos, a demitir funcionários e afetará também os investimentos no futebol para o segundo semestre. Segundo o planejamento para a temporada, a meta é diminuir o "Custo Inter" em R$ 20 milhões até dezembro.
— Ainda não recebi o balancete, mas estamos fazendo uma reengenharia para poder trabalhar com um déficit de R$ 50 milhões. Temos que adequar o nosso fluxo de caixa a esta nova realidade — admitiu o vice de finanças, Pedro Affatato.
Conforme o dirigente, desde janeiro, a atual gestão vem realizando cortes mensais nos gastos do clube.
— Desde que assumimos, já reduzimos em quase R$ 1 milhão ao mês. E precisamos terminar o ano com uma redução de custos na casa dos R$ 20 milhões. Haverá demissões e redução de quadro — afirma Affatato.
E há exemplos. Somente para abrir o Beira-Rio em dias de jogos, houve uma redução de R$ 150 mil por partida (até o ano passado, custava R$ 350 mil para recebe jogos no estádio), com funcionários dobrando funções, a fim de compensar um quadro funcional que vem sendo enxugado. Profissonais da base também já deixaram o clube ou estão sendo substituídos.
— Estamos fazendo tudo isto para que o futebol seja minimamente afetado. Mas haverá alguma interferência, sim. Vamos reduzir custos, sem sucatear o futebol — comentou o vice de finanças do Inter.

domingo, 15 de março de 2015

terça-feira, 10 de março de 2015

Cebolla está chegando


Insatisfeito no San Lorenzo Alán Ruiz considera a hipótese de retornar ao Grêmio: "Se não tenho lugar aqui, volto ao Brasil"

Durante a apresentação de Maicon, Rui Costa falou sobre o caso: "Conversamos informalmente sobre um possível retorno"

Alán Ruiz considera a hipótese de retornar ao Grêmio: "Se não tenho lugar aqui, volto ao Brasil" Reprodução/Clarín.com
Descontente no San Lorenzo por conta das poucas chances como titular, Alán Ruiz declarou ao Clarín que gostaria de voltar ao Grêmio. O meia que foi destaque do Gre-Nal na Arena, válido pelo Brasileirão do ano passado, chegou a dizer que o diretor Rui Costa já fez várias ligações a ele pedindo que volte.
— Se não tenho chances, meu destino será o Grêmio, novamente — apontou Ruiz.
Alán Ruiz teve propostas para atuar no futebol italiano. Declarou ao jornal argentino que não se arrependia por ter negado a todas. Mas gostaria de poder mostrar o futebol que fez com que se destacasse em Porto Alegre.
— Tenho muita vontade de jogar, de ajudar. Posso dar assistências e chutar a gol, que é o que mais gosto de fazer — resumiu o meia.

Durante a apresentação de Maicon, o novo reforço gremista, o executivo de futebol, Rui Costa, falou sobre a possibilidade de o argentino retornar ao Grêmio. Disse haver algumas conversas. Porém, todas informais, sem nenhuma proposta formalizada:

– É mais um jogador que manifesta desejo de jogar no Grêmio. Alán Ruiz foi muito importante, especialmente em um jogo de muito significado, que é o Gre-Nal (o meia fez dois gols na vitória por 4 a 1 sobre o Inter, em 9 de novembro de 2014). Já conversamos informalmente sobre um possível retorno. Mas temos um limite de investimento no qual vamos seguir. Evidente que o San Lorenzo pedirá uma matriz financeira, mas não há uma negociação – explica Rui Costa.
A decisão de liberar o argentino teve direta influência de Felipão. Apesar de ser o único armador do elenco e da atuação de luxo no Gre-Nal, sua postura nos treinos e nos jogos nunca caiu no agrado da comissão técnica. Nos 25 jogos em que o treinador esteve à frente do time, em somente três Alán iniciou como titular: nas vitórias sobre Bahia e Sport na Arena e na derrota para o Palmeiras no Pacaembu.
— É hora de ouvir a oferta do Grêmio. Se eu não tiver lugar aqui, gostaria de ir por um ou dois anos. Aqui eu estou fazendo tudo certo. Lá ao menos terei minutos em campo — resumiu o argentino, apontando que a proposta gremista seria de empréstimo.

Abri esta coca e me deu falta de ar...


domingo, 8 de março de 2015

quinta-feira, 5 de março de 2015

Milagre: gol de Alex levanta cadeirante

Alex faz o segundo gol e corre para a torcida.
Ali, há um torcedor numa cadeira de rodas.
Ele levanta com a chegada do jogador.

http://www.foxsports.com.br/videos/408436803681-internacional-x-emelec-gol-alex-tira-do-goleiro-e-faz-gol-de-empate-do-colorado.

 

Inter x Emelec: D'Alessandro se irrita e discute com torcida

Meia ficou irritado com as cobranças dos colorados no intervalo da partida contra o Emelec; apesar de virar a partida perdendo, Inter conseguiu virar para 3 a 2 e ficou com a 2ª colocação do Grupo 4 da Libertadores.

video

Time dos Estados Unidos demonstra interesse em Kleber

Atacante do Grêmio pode sair por empréstimo para o Fort Lauderdale Strikers
Atacante do Grêmio pode sair por empréstimo para o Fort Lauderdale Strikers  | Foto: Lucas Uebel /GREMIO FBPA / Divulgação / CP`
Depois de contratar Leonardo Moura, que se despediu do Flamengo na noite desta quarta-feira, na vitória de 2 a 0 sobre o Nacional (URU), no Maracanã, o Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos, que tem Ronaldo Fenômeno como acionista, está interessado no atacante Kléber, do Grêmio. A intenção do clube estadunidense é ter o Gladiador, que está em litígio com o Tricolor gaúcho, por empréstimo, até o fim de 2015.

"Estamos com os pés no chão com relação a essa possibilidade. A ideia é o empréstimo do jogador, que é um nome que nos agrada demais", disse o gerente de futebol do Fort Lauderdale Strikers, André Chaves.

Contratado no fim de 2011, Kléber tem contrato com o Grêmio até o fim de 2016, mas não faz parte dos planos da diretoria tampouco da comissão técnica, liderada por Luiz Felipe Scolari, com quem o atacante teve problemas quando ambos trabalham juntos no Palmeiras.

Em dificuldades financeiras, o Grêmio tentava rescindir o contrato do atacante, estimado em R$ 600 mil mensais. Nesta semana, o acordo esteve próximo de acontecer, porém, nessa quarta-feira, o diretor jurídico do Tricolor, Nestor Hein, afirmou que, que por pressão da parte do jogador, as conversas foram encerradas e que o atacante continuaria treinando a parte.

Colorados maloqueiros brigam entre si no jogo contra o EmelecA

Ariel Rojas também estaria na pauta gremista

Meia defende o River Plate e pode reforçar o Grêmio em 2015.
 O Grêmio voltou com toda carga ao mercado de transferências e a intenção é fechar novos reforços até o dia 13 de março, quando se encerra as inscrições para o Campeonato Gaúcho. Além do meia-atacante Crístian Rodriguez, atualmente no Parma, outro nome estaria na pauta do Tricolor Gaúcho: Ariel Rojas.As informações foram publicadas pelo jornalista Luciano Silveira, em sua coluna 'El Enganche', no portal 'FoxSports'. Ariel Rojas é titular do River Plate há mais de uma temporada. Ariel Rojas tem 29 anos e está no River Plate desde 2012. O Grêmio se apega ao seu atual contrato com os Millonarios: o vínculo do meia com o clube argentino vai apenas até a metade do ano. Segundo apuração do repórter, a negociação estaria bem encaminhada. Confira alguns bons momentos do camisa 16 do clube argentino: 

quarta-feira, 4 de março de 2015

Cristian "Cebolla" Rodríguez pode reforçar o Grêmio nos próximos dias

Mesmo depois de apresentar o atacante uruguaio Braian Rodríguez nesta terça-feira, o Grêmio segue em busca de mais reforços para a temporada 2015. E, agora, o nome da vez não é o do volante Maicon, do São Paulo. E sim o de outro jogador nascido no Uruguai: o do meia Cristian “Cebolla” Rodríguez, que pertence ao Atlético de Madrid.
O volante Maicon, do São Paulo, ainda conversa com o Grêmio. O empréstimo havia sido acertado, mas os paulistas solicitaram os jovens Raul (lateral direito) e Everton (atacante) - o que acabou suspendendo o negócio. Nesta terça, a imprensa de Minas Gerais já noticia o interesse do Cruzeiro pelo futebol do jogador, o que inidica que ele dificilmente reforçará o Grêmio.
Cristian "Cebolla" Rodríguez pode reforçar o Grêmio nos próximos dias Foto: Gonzalo Arroyo Moreno / Getty Images
Assim, outro jogador negocia com o clube gaúcho: o meia uruguaio Cristian “Cebolla” Rodriguez, 29 anos. Ele estava no Parma, que se encontra em situação falimentar na Itália, mas pertence ao Atlético de Madrid.
O diretor executivo do Grêmio, Rui Costa, brincou com a possibilidade de mais um “Rodriguez” no clube (além de Braian e Matias, há o uruguaio Maxi, emprestado à Universidad de Chile) mas desconversou. “A família Rodriguez está aumentando. É um grande jogador, mas não quer dizer que estejamos contratando”, contou.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Grêmio negocia com o atacante argentino Ariel, do Pachuca-MEX

Jogador assumiria vaga deixada por Barcos e Moreno.

Grêmio negocia com o atacante argentino Ariel, do Pachuca-MEX Divulgação, Pachuca/

O Grêmio trabalha para contratar um novo camisa 9 após as saídas de Barcos e Marcelo Moreno para a China. O alvo do momento é o argentino Ariel Nahuelpan, centroavante do Pachuca-MEX. Com passagem pelo Coritiba entre 2008 e 2010, o jogador de 26 anos seria comprado em definitivo.

A investida em Ariel tem o aval de Felipão, que vê com bons olhos a chegada de um atacante de 1m90cm para reforçar o setor ofensivo. O Grêmio tenta agora sensibilizar o clube mexicano a baixar a pedida para liberá-lo, que seria de U$$ 2 milhões. Além disso, hoje o jogador recebe cerca de R$ 290 mil por mês no Pachuca.

Um ponto a favor do Grêmio é que Ariel deseja voltar a atuar no Brasil. Na temporada 2014/15 do México, marcou 15 gols em 25 jogos pelo Pachuca. 

Com largo currículo no futebol, Ariel iniciou sua carreira no Nueva Chicago, da Argentina. Também já atuou por Coritiba, Racing Santander, LDU e Barcelona, do Equador, e Pumas, Tigre e Pachuca, no México.

Grêmio tem negociações adiantadas com meia argentino

Grêmio tem negociações adiantadas com meia argentino  | Foto: Belgrano / Divulgação / CP
Grêmio tem negociações adiantadas com meia argentino

O técnico Luiz Felipe Scolari ressaltou, outra vez, a necessidade de reforços após o empate com o Juventude e a direção está perto de atendê-lo. O Grêmio tem duas negociações já adiantadas para o ataque, ambas vindas do exterior. Uma delas deve ser de Lucas Zelarayán, meia-atacante do Belgrano, da Argentina.

“Temos duas negociações, uma mais adiantada, em vias de se serem concretizadas, mas é uma linha tênue. Qualquer coisa pode inviabilizar a vinda de uma contratação”, destaca Romildo Bolzan Jr. Embora a expectativa seja anunciar os nomes antes do Gre-Nal, o presidente evita colocar prazo. “Podem ser concluídas até o fim-de-semana ou não. Nosso prazo é dia 13”, acrescenta, referindo-se ao prazo final para inscrição no Gauchão.

Apesar da primeira negativa de empréstimo do Belgrano, o Grêmio seguiu com as tratativas para trazer Zelarayán. A negociação avançou pelo jogador de 22 anos. Neste ano, ele foi titular nos dois jogos do Belgrano, marcando um gol e dando uma assistência. No segundo semestre de 2014 foram quatro gols e três assistências em 19 partidas.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Suposto plágio do Inter em campanha gera desconforto no Cruzeiro




O departamento de marketing do Cruzeiro foi surpreendido com a ação do Inter
O departamento de marketing do Cruzeiro foi surpreendido com a ação do Inter

Cruzeiro e Inter ainda não se cruzaram em campo nesta temporada, mas fora das quatro linhas não escondem o desconforto entre suas diretorias. O motivo é um suposto plágio em campanha colorada lançada nos últimos dias com o slogan "cada um é onze". O departamento de marketing celeste não nega a surpresa com a semelhança com a ação realizada pelo clube no fim do ano passado carregando a frase "eu mais onze". Os dois clubes têm em seus sócios uma de suas maiores fontes de receitas.Mais do que isso, um meio de superar até mesmo a dependência financeira em relação às cotas de TV do Brasileiro. A peça publicitária do Inter estreou no último domingo, em horário nobre na televisão, e tem como objetivo principal fazê-lo ultrapassar a marca dos 130 mil associados. O controverso slogan tenta fazer o torcedor se sentir parte do time.O argentino D'Alessandro é a estrela da campanha. "Chegou a hora, você vai jogar com a gente. Porque, na Libertadores, agora cada um é onze", afirma o camisa 10 em sua participação. A hashtag #CadaUmEOnze teve sucesso instantâneo no Twitter e entrou nos trending topics no mesmo dia como um dos assuntos mais comentados no Brasil. O Inter conta atualmente com 106 mil sócios em dia. O diretor de marketing do Cruzeiro, Marcone Barbosa, preferiu não cravar que houve má fé por parte do Inter ao repetir o mesmo conceito no slogan. "Tinha acompanhado esse trabalho deles, mas quero acreditar que esqueceram de checar se já haviam feito uma campanha assim antes. É sempre recomendável fazer isso. A gente tinha lançado em 2014, foi um sucesso e eles fizeram na mesma linha agora. Não deve ter sido má fé. Prefiro não crer nisso até porque sempre tivemos excelente relacionamento", afirma ao ESPN.com.br. Em sua ação, o Cruzeiro escolhia um sócio para aparecer no telão do Mineirão e entrar em campo com os atletas, representando o associado como 12º jogador do clube e a hashtag #eumaisonze. "Pode ter acontecido algum descuido. Se não for o caso e tiverem decidido usar mesmo assim, não deixa de ser uma satisfação inspirarmos outros times, um motivo de orgulho. Só acontece quando você está fazendo o seu trabalho muito bem feito", completa Marcone Barbosa.O vice-presidente de marketing e mídia do Inter, Luiz Henrique Nuñez, foi procurado pela reportagem para comentar o assunto, mas não atendeu a nenhuma das ligações nem respondeu as mensagens.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Schuweinsteiger sem grife


Mapa do AnderChocho em campo


Atropelando o Dalebicha


Site do The Strongest folga em Dale10


#VoltaRoth


Mensagem do Alan Ruiz ...


Inter toma três mas quem pede a música é o AnderChocho


#‎cadaUmÉtrês‬

O marketing errou o nome da campanha...

El Lanternita


A batalha de La Paz. Em breve o DVD


Filósofo Sotilli


Quanto foi o jogo, Dale10 ?


#TuNaoViuOjogo?


Secador a mil


Bela torcida


Feitooooooo


Do Caraglio

Já está cada vez mais difícil apostar em quem será o contratado do Grêmio para reforçar o ataque em 2015. Depois da proposta por Walter, o suposto interesse por Dagoberto, o novo rumor agora atende pelo nome de Milton Caraglio, centroavante que atualmente defende a camisa do Vélez Sarsfield, da Argentina.

A informação foi divulgada pelo jornalista Daniel Oliveira, da 'Rádio Bandeirantes'. O Tricolor já teria feito contato com representantes do atacante de 26 anos.

Milton Caraglio está desde 2013 no futebol argentino. Chegou a passar por um período de testes no West Ham, da Inglaterra, mas não permaneceu. Pelo futebol europeu, acumula passagem pelo Pescara, da Itália.

O nome atenderia ao perfil procurado por Felipão após a saída de Marcelo Moreno e Barcos. Caraglio é camisa 9 mas não peca em questão de velocidade e mobilidade. Confira um vídeo com melhores momentos do jogador:

Péssimo marketing

Eu ainda nao tinha visto uma campanha de marketing tao ruim na vida. Sem graça, sem criatividade e 0 empolgaçao. Se depender dela o Inter nao passa da primeira fase.

Fala aí AnderChocho

video

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Nuvens pretas já rondam o Remendão...

Diego Aguirre é pressionado após começo ruim no Inter. Empate com São José causou estranhamento em dirigentes colorados

Diego Aguirre é pressionado após começo ruim no Inter  | Foto: Ricardo Giusti


Deliberadamente ou movido pela frustração com os resultados em campo, o presidente do Inter Vitorio Piffero começou, logo após o primeiro jogo oficial na temporada, um processo de “fritura” de Diego Aguirre. Os ataques continuaram após o empate por 4 a 4 com o São José, quarta-feira, no Beira-Rio, causando estranhamento até nos outros dirigentes do clube.

Piffero qualificou a atuação do time no empate com o Lajeadense, na estreia no Gauchão, domingo, de “horrível”. Quarta-feira, fez críticas à postura tática, afirmando, por exemplo, que os volantes não podiam jogar em linha. Disse também que o clube fez os investimentos necessários e que, a partir de agora, a tarefa de montar uma equipe eficiente é do treinador. O discurso é quase um ultimato a Diego Aguirre, que já percebe a pressão a que foi submetido.

“Montamos um elenco importante. Agora, é a hora de construir a equipe para que cada jogador seja acertado nas posições que o treinador acha que rende mais”, afirmou o presidente. Aguirre chegou ao Beira-Rio pelas mãos do falecido Luiz Fernando Costa, que era o vice-presidente de futebol até ser vitimado por um enfarto.

Piffero nunca escondeu sua predileção por Tite. Com a opção deste pelo Corinthians, buscou Mano Menezes e Abel Braga em sequência. Ambos preferiram o desemprego ao projeto oferecido pelo presidente colorado — que agora acumula o cargo de vice de futebol.

Por indicação de Costa, Aguirre veio como derradeira opção. Chegou sem conhecer as características dos jogadores à disposição. Também não opinou sobre os reforços contratados. Por fim, não foi favorável à venda de Willians ao Cruzeiro, embora tenha concordado devido às dificuldades financeiras do clube.

Ou seja, o que ele pede aos dirigentes é um pouco mais de tempo para encontrar uma escalação e um esquema que se adapte ao elenco. Aguirre, enfim, está mantido no cargo, mas precisa buscar soluções para a falta de produtividade da equipe imediatamente. Os jogadores estão com ele. O vestiário está fechado, embora as lideranças já tenham percebido que a pressão sobre o treinador é pesada e vem do mais alto mandatário do clube.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...