quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Grêmio quebra série de campeões eliminados nas oitavas

O último campeão classificado para as quartas-de-final era o Santos, vencedor em 2011, semifinalista no ano seguinte. Depois do time de Neymar, o Corinthians em 2013, o Atlético em 2014, o San Lorenzo em 2015, o River Plate em 2016, o Atlético Nacional em 2017 não haviam superado as oitavas. San Lorenzo e Atlético Nacional morreram ainda antes das oitavas, na fase de grupos. O Grêmio, não. Com enorme sofrimento, passou nos pênaltis pelo Estudiantes, com gol de Alisson
aos 47 do segundo tempo e vitória nos pênaltis por 5 x 3. Foi muito difícil. Erro grave de Geromel, atuação impecável de Kannemann e o Grêmio morreu nas oitavas-de-final com vitória por 2 x 1 contra o Estudiantes, na Arena. Ao todo, o Grêmio finalizou 23 vezes, contra duas do Estudiantes. Como o Santos, o Grêmio teve muitas dificuldades para driblar a linha de cinco defensores, que o Estudiantes, como o Independiente, fez em Porto Alegre. As finalizações não saíram limpas, frente a frente, embora merecesse pelo menos o segundo gol mais cedo, para levar a decisão para os pênaltis. Éverton fez 1 x 0 aproveitando excelente passe de Jael logo aos 5 minutos. Mas em seguida Jaílson
perdeu uma dividida no meio-de-campo e Geromel, limpo na jogada, perdeu a dividida para Rodriguez. O meia do Estudiantes levantou a cabeça, observou a posição de Marcelo Grohe e desviou para empatar a partida. O Grêmio massacrou o Estudiantes em termos de posse de bola (71% x 29%).
Também em finalizações. Apesar da atuação melhor do que o Estudiantes, está claro que o nível de atuação do Grêmio não está igual ao de 2017. Mas, nos pênaltis, o Grêmio fez o que merecia: venceu. Eram três pênaltis seguidos perdidos, dois por Luan e um por Maicon, antes de Cícero quebrar a seqüência contra o Atlético Paranaense, sábado passado. Incrível que Luan não tenha cobrado nenhum dos cinco vitoriosos.

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Arena, Grêmio: aprovados projetos para realização de obras no entorno

Da assessoria de imprensa da Karagounis

“A prefeitura de Porto Alegre informou nesta quinta-feira, 16 de agosto, que todos os projetos referentes às obras de infraestrutura do entorno da Arena do Grêmio, apresentados pela incorporadora Karagounis, estão aprovados.
As obras farão parte do acordo a ser firmado entre empresa, Município de Porto Alegre e Ministério Público do Rio Grande do Sul.
O avanço foi fruto de grande empenho e esforço das partes envolvidas.
De forma voluntária, a Karagounis se dispôs a contribuir para solucionar a questão que emperra o desenvolvimento do bairro, propondo-se a realizar as obras de infraestrutura mais importantes para a região, viabilizando, assim, as condições necessárias para seguir com seus empreendimentos na área.
Definidas em consenso as obras prioritárias, os respectivos projetos para a sua execução foram elaborados e agora devidamente aprovados pelos órgãos técnicos do Município.
Com isso deu-se sinal verde para a celebração do acordo que permitirá a execução do conjunto de obras que compreende a duplicação da Avenida AJ Renner, a duplicação da Avenida Padre Leopoldo Brentano e a reformulação de trecho da Avenida Pedro Boessio, além da construção de uma nova sede para o posto da 2a Companhia do 11o Batalhão e de serviços de desassoreamento de rede de macrodrenagem do município, responsável pelos alagamentos de partes do bairro.
Tratam-se de grandes intervenções que há muito tempo são esperadas por todos os cidadãos de Porto Alegre.”
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...