sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Maiores Salários do Futebol Brasileiro

Maiores Salários do Futebol Brasileiro
1 - Daniel Alves (São Paulo) - R$ 1,5 milhão
2 - Gabigol (Flamengo) - R$ 1,25 milhão
3 - Dudu (Palmeiras) - R$ 1,2 milhão
4 - Fred (Cruzeiro) - 1,2 milhão

5 - Hernanes (São Paulo) - R$ 1,1 milhão
6 - Pedro Rocha (Cruzeiro) - R$ 1 milhão
7 - Vitinho (Flamengo) - R$ 1 milhão
8 - Diego Tardelli (Grêmio) - R$ 1 milhão
9 - Ramires (Palmeiras) - R$ 1 milhão

10 - Lucas Lima (Palmeiras) - R$ 955 mil
11 - Luan (Grêmio) - R$ 900 mil
12 - Rodriguinho (Cruzeiro) - R$ 800 mil
13 - Filipe Luis (Flamengo) - R$ 800 mil

14 - Guerrero (Internacional) - R$ 770 mil
15 - Gil (Corinthians) - R$ 750 mil
16 - Arrascaeta (Flamengo) - R$ 750 mil
17 - Rafinha (Flamengo) - R$ 750 mil

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Projeto CAVANI 2020



GREMIO  fará um PROJETO extremamente minucioso para ter CAVANI em junho de 2020. Presidente @romildogremio trata dessa questão pessoalmente. Pretensão difícil mas extremamente OUSADA. Atenção : Um PROJETO para ter o Centroavante Uruguaio.

segunda-feira, 29 de julho de 2019

quinta-feira, 25 de julho de 2019

segunda-feira, 15 de julho de 2019

sexta-feira, 21 de junho de 2019

terça-feira, 4 de junho de 2019

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Saiu o CD preferido do Dourado


ATUALIZAÇÕES DA SEMANA DO NOSSO GRÊMIO

- O que antes era boato, agora é real. Conselheiros, dirigentes e direção querem mudar o estatuto presidencial para Romildo permanecer mais 3 anos á frente do Grêmio.
- D. Tardelli deverá estrear com a camisa do Grêmio no próximo GREnal, mas existe uma possibilidade dele estar disponível para o primeiro jogo na libertadores contra o Rosário. Mesmo que fique no banco de reserva e entre durante o jogo. Fará um pré temporada de 15 á 20 dias.
- Grêmio está próximo de fechar com o zagueiro destaque do Sport, Adryelson. Como em 4 meses ele pode sair de graça do time de Recife, Grêmio está usando isso a seu favor. Grêmio deverá envolver Guilherme e Thierry na negociação + um pequeno valor. Direção do Sport nega, mas imprensa de Pernambuco já dá como certo a vinda do jovem zagueiro.
- Grêmio e Corinthians estão próximos de um acordo por Capixaba. Valores eram de 6 milhões + 10% do Ramiro, mas esse valor caiu, agora é 4 milhões + 10% do Ramiro .
- Grêmio está próximo de adquirir por completo a Arena. Romildo ontem participou da janta da ACPA com pessoas influentes no clube e nas negociações. A negociação caminha á passos largos.
- Essa semana houve muitos rumores sobre os nome de Vitor Hugo, Ochoa e Guerra reforçarem o elenco de Renato. Nenhum desses jogadores devem vir. Grêmio sondou Guerra e Vitor Hugo, mas negociação não evoluiu. Ochoa é fake news, nunca houve procura.
- Matheusinho está passando por uma preparação física especial, igual teve Arthur, para corrigir pontualmente a força de combate, resistência e intensidade.
- Além de um zagueiro, Grêmio quer um lateral. Antes o lateral iria ser buscado na janela de agosto, mas o Grêmio mudou " os planos " e o quer agora para a fase inicial da libertadores.
- Depois do jogo contra o VEC, o time do Renato ficará 9 dias treinando até o jogo da libertadores contra o Rosário, justamente por ser tão distante uma partida de outra, o Grêmio irá realizar jogos treinos para manter o ritmo de jogo.
- Phelipe Megiolaro agora faz parte do time principal do Renato. E o mesmo disse que irá buscar a vaga de titular. No momento disputa a 3a vaga de goleiro com Breno.

Fontes: ZH, Correio do povo, UOL e Globoesporte.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

A única taça possível do Inter na temporada: Taça Femaçã


Jogo do Inter vale taça em Veranópolis

Depois de duas derrotas seguidas e um tímido sétimo lugar na classificação do Gauchão, o Inter mudou a estratégia de revezar jogadores e vai com força máxima para enfrentar o Veranópolis na quarta-feira (30), às 19h15min, no Estádio Antônio David Farina. A partida abre a quarta rodada do Estadual e vai valer a Taça Femaçã. O evento integra o calendário do município da Serra e está programado para o mês de abril de 2019.

Com o slogan "Paraíso para Todos", a décima Festa Nacional da Maçã e Feira Agroindustrial de Veranópolis está marcada para o Centro de Exposições e Esportes José Bin e não ocorre desde 2015. O troféu será entregue ao time vencedor do confronto. Caso ocorra empate, o Inter, como visitante, receberá a premiação.

Além da taça, as torcidas presentes ao estádio na quarta-feira poderão conferir os trajes oficiais da imperatriz da festa, Priscila Fracasso, e suas princesas, Bruna Zanotto e Francine Bortoli. Para o presidente da festa, Domingos Costela, o futebol é uma ótima oportunidade de atrair visitantes.

— Vamos aproveitar a visibilidade de um evento popular, com grande cobertura da imprensa gaúcha, para convidar as pessoas para que prestigiem a 10ª Femaçã — garantiu Costela. 

Jejum de taças
O último troféu erguida pelo Inter foi há quase dois anos. Em Erechim, nos pênaltis, o time então treinado por Antônio Carlos Zago venceu o Ypiranga e conquistou a Recopa Gaúcha. O último Gauchão vencido pelo Colorado foi em 2016. Mas quando o assunto trata-se de competição relevante, o colorado não ganha nada desde 2011. São quase oito anos de jejum. Naquela temporada, a equipe venceu a Recopa Sul-Americana em cima do Independiente-ARG.


Programa-se:
10ª Festa Nacional da Maçã - Femaçã 
Quando: 12 a 14 e de 18 a 21 de abril de 2019
Onde: Centro de Exposições e Esportes José Bin
Mais informações: www.femaca.com.br

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Cada vez mais ídolo: Vitorio Piffero estava "no topo de organização criminosa" no Inter, diz MP



Relatório afirma que era "absolutamente impossível" que os 5 vices investigados atuassem de forma isolada

O relatório de investigações do Ministério Público (MP-RS) sobre a gestão de Vitorio Piffero no biênio 2015/2016 aponta suspeitas contra o ex-presidente e cinco ex-vices: Pedro Affatato (finanças), Alexandre Limeira (administração), Emídio Marques Ferreira (patrimônio), Carlos Pellegrini (futebol) e Marcelo Domingues de Freitas e Castro (jurídico).

A investigação já soma mais de 3,7 mil páginas e ainda não tem prazo para se encerrar. O documento com fotos, quadros, gráficos e extratos que embasou pedidos de buscas e apreensões, em 20 de dezembro, tem 243 páginas e dedica cinco a descrever a suposta participação de Piffero em irregularidades no Inter. As dezenas de documentos, além de computadores e celulares apreendidos em dezembro, deverão ajudar na elaboração da denúncia à Justiça contra os investigados. Os crimes apurados são apropriação indébita, estelionato, organização criminosa, falsidade de documentos e lavagem de dinheiro.

O que pesa contra Vitorio Piffero
O MP afirma que, pelo fato de ser o expoente máximo do clube, o ex-presidente estaria "no topo da associação/organização criminosa estabelecida" no Inter em 2015 e 2016. Assinado pelo promotor Flávio Duarte, o relatório sustenta que seria "absolutamente impossível" que os cinco vices atuassem de "forma isolada e sem qualquer relação uns com os outros". 

Foi identificado depósito de R$ 70 mil na conta do ex-presidente, creditado pela empresa Argos do Brasil Consultoria em 31 de outubro de 2014, antes de Piffero assumir pela segunda vez o comando do clube. A linha de investigação dos promotores aponta para espécie de adiantamento de futuros negócios entre o Inter e a empresa. De acordo com o relatório, no biênio 2015/2016, entraram na conta da Argos R$ 294,1 mil saídos dos cofres do clube. 

Segundo o MP, o ex-presidente também recebeu R$ 65 mil, com dois depósitos na conta bancária, em 7 e 19 de novembro de 2014, efetuados pela Stadium Consultoria e Assessoria Administrativa e Tecnológica Ltda, empresa de Alexandre Limeira. As quebras de sigilo bancários obtidas na investigação mostram que a Stadium recebeu, naquela época, R$ 150 mil do empresário de atletas Giuliano Bertolucci, que supostamente, de acordo com MP, antevia "vantagens financeiras que poderia usufruir no clube". 

 O que diz o advogado Nei Breitman, defensor de Vitorio Piffero
"Verificar comportamentos contábeis de Vitorio Piffero antes do biênio investigado para concluir que ele teria recebido valores em 2012, 2013, ou 2014, portanto, antes de assumir, para depois fazer contrapartidas, é mais especulação do que conclusão. Tudo que analisei da investigação em relação ao senhor Vitorio Piffero leva a uma conclusão mínima e precipitada que ainda não passou pelo crivo judicial: o senhor Vitorio Piffero sabia (das suspeitas de irregularidades) porque era presidente." 

O que diz Gislaine Nunes, sócia da Argos na época dos fatos
"Em julho, vendi a empresa. Desconheço que a Argos tenha depositado dinheiro na conta do ex-presidente Vitorio. A Argos é uma empresa de cobrança, mas também fazia troca de títulos, cheques e duplicatas, e o MP pode estar tentando relacionar uma coisa que não tem nada a ver com a outra. A participação do Marcelo (Castro) na empresa não tem nada a ver com o Inter. Não sou laranja dele." 

O que diz Alexandre Limeira
"O processo está em sigilo. Por este motivo, em respeito à investigação, não farei muitas manifestações. Mas apenas posso esclarecer que os depósitos em minha conta foram em 2014, período da eleição, antes de ser dirigente do Inter. Não há depósitos de nenhum empresário entre 2015 e 2016, período em que eu era dirigente. Os valores da CNX foram em um projeto de Santa Catarina que se iniciou em 2013, com pagamentos em 2014 e até início de 2015. Esse projeto não tem nada a ver com Inter, tenho diversas documentações que provam isso com enorme facilidade, apresentarei quando for chamado." 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...