quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Hotel do Grêmio, mais uma idéia para o COPIÃO de tudo imitar




Iniciativa inédita no Brasil só existe em outro clube de futebol latino-americano

A ideia do Moinhos 1903, primeiro hotel temático de clube de futebol no Brasil – só existe um em toda a América Latina, do argentino Boca Juniors – está relacionada à primeira incursão da Melnick Even na hotelaria. Conforme Juliano Melnick, diretor da incorporadora, tudo começou com um telefonema do diretor de marketing do Grêmio, Beto Carvalho, assim
que soube que haveria uma unidade do DoubleTree, da rede Hilton, no Pontal, projeto na orla do Guaíba.

– Essa é uma primeira experiência. A marca Grêmio também é muito forte fora de Porto Alegre. Se a ideia for tão boa e rentável quanto imaginamos, por que não fazer uma rede? – cogita Melnick.

Na avaliação do empresário, a combinação entre uma iniciativa inédita no Brasil e a força da marca podem permitir a criação de uma rede hoteleira, com unidades tanto no interior do Estado quanto em outros Estados, como Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. Caso seja concretizada, significaria também um passaporte para a Melnick Even,
que já tem negócios em 10 cidades gaúchas, atuar fora do Rio Grande do Sul. 

Um dos testes para esse apetite será o resultado de uma estratégia também inédita: foram montadas equipes de venda nos consulados do Grêmio de cidades gaúchas. A ambição, segundo o empresário, é negociar ao menos metade das 600 cotas antes do final do ano. O total está estimado em R$ 10o milhões. A operadora será a rede Atlântica, uma das maiores do Brasil, que vai atuar com a bandeira Radisson.

Entre as possibilidades estudadas pela incorporadora e o clube está possibilidade de manter quartos fixos para a equipe, que vai ocupar os andares mais altos do hotel em dia de concentração. Assim, haveria o "quarto do técnico", o "quarto do atacante" e o "quarto
do zagueiro" – com os respectivos nomes, que Melnick prefere evitar. Quando estiverem liberados, hóspedes tricolores poderiam ocupá-los com mais um atrativo: um livro para deixar mensagens para cada jogador.

– Imagina a possibilidade de dormir no quarto em que o ídolo concentra – detalha.

domingo, 3 de novembro de 2019

Tudo Normal no GREnal


Torcida brilhou no GREnal

Imagem

Só com ajuda dos outros...

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, meme e texto

Inter gripado

Inter no Brasileiro


Nem tem mais graça


Menor circo do mundo


Lenços Cholorado, prevenindo enchentes

Inter LIXO


Inter depois do GREnada


Tudo Azul

A cerveja dos morangos


Novo patrocinador

Caixãozinho Colorado


Silêncio Colorado


Tu fiu o xogo?

Pega com jeito colorado

Arrumando a casa


EU EU EU, o Inter se deu mal

GREnal em japonês

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Grêmio poderá assumir gestão da Arena antes de definição sobre as obras do entorno

Omar Freitas / Agencia RBS

A direção do Grêmio está mudando de estratégia e a compra da gestão da Arena poderá apresentar novidades nos próximos dias. Até algumas semanas, a ideia era esperar o desfecho sobre a retomada das obras do entorno do estádio para depois tratar com a OAS os detalhes do fim da parceria entre a construtora e o clube. 

Recentemente, a direção se reuniu com representantes do governo federal a fim de ajudar na mobilização para essa definição. Desde abril, é aguardada uma definição da Caixa Econômica Federal sobre a garantia financeira apresentada pela empresa Karagounis, que assumiu a responsabilidade de executar as obras do entorno. 

Porém, como o assunto relacionado às melhorias viárias na região da Arena segue com poucos avanços, o presidente Romildo Bolzan vem trabalhando com seus diretores uma forma do Grêmio assumir logo a gestão do novo estádio enquanto aguarda o desfecho sobre as melhorias viárias nas proximidades do complexo. 

Em maio, a direção retomou as reuniões com a OAS e Karagounis. As conversações tinham sido suspensas em 2016. Além de negociar com as empresas, o clube também precisa do aval de seis instituições financeiras: Banco do Brasil, Banrisul, Santander, Bradesco, Caixa Econômica Federal e  Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 

E a Karagounis mudou o planejamento sobre a demolição do Olímpico e o estádio não será mais implodido. O estádio está desocupado desde dezembro de 2014, quando deixou de receber os treinos do time titular. O jogo derradeiro, porém, ocorreu em 17 de fevereiro de 2013, quando o Grêmio venceu o Veranópolis por 1 a 0, com gol de Werley.

A partir de 2021 está prevista a construção das novas habitações. Um terço da área será destinado à atividade comercial. O restante será de unidades habitacionais. 



segunda-feira, 26 de agosto de 2019

O Craque de US$ 11.000.000,00


O Inter precisa resgatar Nico López do labirinto em que se meteu. Meia-atacante colorado chegou a 23 jogos sem marcar gols . O Inter precisa resgatar Nico López do labirinto em que se meteu outra vez. No segundo semestre de 2018, uma força-tarefa envolvendo todas as áreas da comissão técnica e o diretor executivo Rodrigo Caetano implementou com o uruguaio um trabalho multidisciplinar.

Nico passou a ter acompanhamento, por exemplo, de uma nutricionista e a trocar uma dieta baseada em refrigerante e fast foods por algo balanceado e adequado a um atleta. No dia a dia no CT, passou a ter atenção especial da preparação física. Caetano engrossou um trabalho de conversas e estreitamento de confiança que já era feito por Odair Hellmann, o técnico com quem mais rendeu desde a chegada ao Inter, em 2016. 

Chegou a hora de esse resgate de Nico ser deflagrado outra vez. Os gols perdidos sinalizam o abalo psicológico, mas também evidenciam uma falta de refino e precisão, cujas causas precisam ser investigadas.