quarta-feira, 29 de março de 2017

Obras no entorno da Arena podem ser assumidas por parceiro da OAS: Empresa Karagounis fará proposta ao MP para solucionar o problema


O imbróglio que envolve as obras viárias no entorno da Arena do Grêmio pode ter solução em breve. A obrigação assumida pela OAS S.A. em Termo de Ajustamento de Conduta junto ao Ministério Público, que era de executar melhorias na região, como a duplicação da Avenida AJ Renner, pode ser repassada para a empresa Karagounis, uma parceira da construtora.

Responsável pela construção e comercialização do empreendimento Liberdade, que fica ao lado da Arena, a Karagounis é controlada por um fundo de investimentos imobiliários ligado à Caixa (detém 65% de participação) e pela OAS Empreendimentos (outra empresa do grupo, que detém 35%). Por conta da decisão judicial que proíbe que a prefeitura conceda novos habite-se às torres do condomínio, a Karagounis prepara uma proposta que deve ser apresentada ao MP ainda nesta semana para executar as obras necessárias na região.

A iniciativa também contempla as negociações entre Grêmio e OAS para a venda da Arena. Como a questão do entorno é um dos nós nas tratativas entre clube e construtora, a Karagounis aceitaria assumir as obras no Humaitá/Farrapos para destravar a questão. Assim, a empresa poderia tomar posse da área do Estádio Olímpico, que está em ruínas na Azenha, e, enfim, explorá-la comercialmente.

Com a entrada da Karagounis nas tratativas, a obrigação das obras do entorno da Arena deixaria de fazer parte da Recuperação Judicial da OAS S/A. A questão está subordinada ao processo que corre no Tribunal de Justiça de São Paulo.

Veja quais são as obras pendentes no entorno da Arena:


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...