quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Grêmio segue em busca do dinheiro referente à venda de Victor para o Atlético-MG


A "novela" envolvendo a negociação de #Victor com o #Atlético Mineiro, que começou em 2012, ainda não terminou. Victor deixou o #Grêmio em junho daquele ano, após algumas temporadas defendendo a meta gremista, em troca de 50% dos direitos econômicos do zagueiro Werley e mais 3 milhões de euros.

Em entrevista, Nestor Hein, atual diretor jurídico do Grêmio, revelou que o valor ainda não foi pago ao Grêmio, e que o valor da dívida (com valores reajustados) já passa de 10 milhões de reais e o caso continua na justiça.

“Nós do Grêmio estamos preocupados com a situação, pois a compra de jogadores valorizados como o Atlético anda fazendo demonstra vigor financeiro na parte deles. Eles têm dinheiro em caixa, mas não pagam os débitos que têm conosco. Um time que se diz em dificuldade não poderia fazer grandes investimentos como o Atlético faz”, questiona Hein.

Perguntado sobre a situação, o vice presidente do Grêmio Odorico Roman citou que o clube mineiro não pode ser notificado pela FIFA pois se trata de uma transferência nacional.

Nos últimos meses, o Atlético Mineiro fez grandes contratações como a do volante Elias. O clube pagou ao Sporting R$ 8,4 milhões por 70% dos direitos econômicos do volante que esteve na seleção brasileira por diversas vezes nos últimos anos.


No fim de 2016 o caso já havia ganhado as mídias, e a diretoria do Atlético Mineiro se mostrou preocupada com a situação, já que o clube corria risco de ter alguns bens penhorados e até perder renda de partidas do Brasileirão e Copa do Brasil, mas o diretor jurídico na época informou que ainda não havia sido notificado oficialmente pela justiça.

O diretor do Grêmio confirmou que o clube mantém uma boa relação com o time mineiro, mas que vai atrás dos direitos do clube: “Nós vamos comunicar essa divida à CBF, porque a gente está vendo o que está acontecendo”, observou Nestor Hein.

Na busca por reforços para o campeonato Brasileiro e Libertadores, o Grêmio já confirmou diversas vezes que não tem muito dinheiro em caixa, e que não poderia fazer grandes contratações para o clube devido a isso. Esse dinheiro poderia ajudar na busca por novos jogadores.

Não é a primeira vez que o Atlético é acionado na justiça em relação a dinheiro. Ronaldinho Gaúcho também acionou o clube com uma dívida referente à sua passagem no clube.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...