quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Gremistas gravam vídeo de rachadura no Beira-Rio; Inter nega danos estruturais

Torcedores do Grêmio gravaram um vídeo durante o Gre-Nal 393, no último domingo, registrando uma rachadura e um tremor em um dos setores do Beira-Rio. As imagens que mostram a oscilação de uma parede do estádio geraram um frenesi na internet. De acordo com o Internacional, o movimento é normal e está previsto em laudos técnicos que autorizam a utilização do local.

GREMISTAS REGISTRAM TREMOR E RACHADURA DO BEIRA-RIO NO GRE-NAL

O vídeo tem pouco mais de 30 segundos e inicia focando em uma parede branca, com uma fissura de ponta a ponta. O espaço se mexe ao mesmo tempo em que a massa canta e pula. Para o Inter, o fato nada interfere na estrutura da arquibancada superior. E sequer impede a presença de torcedores no local, que fica pouco antes da entrada na arquibancada superior.
“A imagem mostra o encontro de uma parede de alvenaria, uma parede de tijolos, com uma viga de concreto. Ela está vibrando pelo movimento do estádio. Sem a arquibancada inferior isso mudou um pouco, a vibração mudou. Mas temos laudos que nos dão liberdade para usar a arquibancada superior. Não tem comprometimento de segurança. Não é nada estrutural”, disse ao UOL Esporte a diretora de patrimônio do Internacional, Diana Oliveira. "Dentro das condições dali, é algo normal", completou.
No clássico do final de semana, o Beira-Rio recebeu 10.617 torcedores. Mesmo com apenas o anel superior, o Internacional obteve liberação da Brigada Militar para acomodar até mais de 18 mil pessoas. O número de gremistas no clássico, inclusive, gerou uma celeuma durante a semana que antecedeu o jogo.
Inicialmente, o Inter havia determinado que apenas 750 ingressos seriam destinados ao Grêmio. A cúpula azul reclamou, se reuniu com o arquirrival e conseguiu mais 250 bilhetes.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...