quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Inter abre temporada 2017 com salários atrasados


Dirigentes aguardam pagamento das cotas do Gauchão, que devem render R$ 12 milhões        

Mais de uma vez, o novo presidente do Inter, Marcelo Medeiros, disse que não reclamaria de seu antecessor. Porém, nem em seus piores pesadelos ele vislumbrou uma realidade como a atual: ele assumiu o clube na Série B e, além disso, atravessando uma situação financeira bastante difícil. Enquanto trabalham na pré-temporada, os jogadores aguardam o pagamento de dois meses de direitos de imagem atrasados — o terceiro vence no próximo dia 20 — e o salário de dezembro, normalmente pago em 5 de janeiro, ainda não foi quitado.

Os funcionários, porém, receberam em dia — o salário de dezembro, inclusive, foi depositado antes do prazo. Os dirigentes colorados aguardam o pagamento das cotas de TV do Gauchão, que devem render R$ 12 milhões, para tentar colocar em dia a folha dos atletas. A venda de algum jogador, como William, por exemplo, também é uma saída.

A escassez de recursos também complica o processo de contratações. Por enquanto, o vice de futebol Roberto Melo tem optado por jogadores que baratos ou que venham sem custos. E improvável que o clube faça algum investimento mais vultoso neste início de temporada. “Assumimos a responsabilidade de comandar o Inter e faremos isso, independentemente das dificuldades. A torcida espera isso da gente”, disse, recentemente, Marcelo Medeiros.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...